domingo, 19 de dezembro de 2010

Inércia

"É mentira.
Não estou bem.
Nada está nada bem".
Era o que ela dizia bem alto, em frente ao espelho.
Há dias esperava aquela visita, aquele telefonema, aquele e-mail... Mas hoje acordara sem paciência. E a curiosidade em saber o que se passava por lá só crescia...
Estava cansada de esperar por aquele telefonema que disessesse tudo aquilo que, no fundo mais fundo de si, ardentemente desejava ouvir. Cansou de fingir para ele e para si mesma que estava tudo bem.
Se as portas não foram fechadas, por que não ultrapassavam o limiar? Sentia-se parada diante da soleira. 
E o desejo de ver, de estar, de sentir, de amar, doía. A vontade era sair correndo, e ir lá, e dizer que para ela não acabou, e reconhecer o quanto sentia sua falta, e admintir que não era tão forte assim...será que ele nunca percebeu? É, na verdade, ele nunca foi bom de entrelinhas.
A vontade era sair correndo debaixo de chuva e ir ao seu encontro, parar molhada na porta da casa e se aquecer naqueles braços.
E decidiu ir assim mesmo, naquele instante, naquele ímpeto, daquele jeito - despenteada, descalça e com sua camisola de boneca cor de rosa.
Pegou a chave do carro e ficou balançando-a em frente ao nariz, talvez tentando se hipnotizar.
Mas entre as quatro paredes, entre a janela e a porta escancaradas, não achava jeito de sair.
Não estava chovendo, e a luz da lua cheia invadia todo o quarto.


4 comentários:

Erica Vittorazzi disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhh!!! Por isto sigo os meus impulsos sempre....


adorei o texto!


Beijos

Rodrigo Santos disse...

Há uma diferença entre querer e poder. Disso já sabemos...
Mas lendo o texto, jurava que ela já estaria em seus braços dizendo tudo que queria para ele. Entrei em choque quando soube que não havia sequer saído do quarto. Só imaginava...
Talvez ter ficado tenha sido melhor para ela. Vai ver as coisas não sairiam como ela planejava. Nesse caso sofreria mais...
É meio complicado lidar com a carência, ela nos deixa vulnerváveis e frágeis. Tem que haver sempre um diálogo entre nós e nosso eu interior pra nos dá um pouco mais de segurança em relação aos nossos sentimentos, não deixando eles nos dominarem...

JOY disse...

Feliz ano nooovo
ótimas realizações e mto sucessoooooo

bjooos

http://joycebc.blogspot.com/

JOY disse...

Feliz ano nooovo
ótimas realizações e mto sucessoooooo

bjooos

http://joycebc.blogspot.com/