sábado, 20 de novembro de 2010

Quero viver, mas não sei por onde começar.
Quero escrever, mas não sei o que dizer, não sei como fazer.
Procuro inspiração, mas só encontro o vazio; me encontro no vazio. No vazio onde tudo sobra, no vazio em que você falta. Procuro palavras, persigo ideias. Diante da imensidão vazia da tela, vejo o reflexo do meu rosto nela. Vejo o quarto, vejo os móveis, vejo os seus meus livros, vejo tudo... só não vejo seu rosto, só não vejo você.


by DevianArt

Um comentário:

danilo disse...

Penso igual você Paulinha! Nos vamos superar!
beijos
http://danilofutebol.blogspot.com/