quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Detesto os críticos!

Detesto os críticos literários. Eles dissecam histórias e as transformam em correntes, escolas, querem lhe dizer como você deve ler e o que você deve entender.

Detesto os críticos cinematográficos. Eles transformam a beleza de um filme em uma lista de direções (arte, fotografia, som), enchem a ficção de realidade e acabam com toda a graça da brincadeira.

Na verdade, nem todos os críticos são detestáveis, só alguns. Entretanto, escrever “detesto alguns críticos literários” tira toda a força do argumento (concorda?). Então, sem me preocupar com as exceções, vou dizer que detesto os críticos, por puro efeito estilístico. Além do mais, estou na TPM!! O problema não são as exceções, o problema é a regra...


2 comentários:

O que eu sinto e penso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O que eu sinto e penso disse...

Concordo contigo, mesmo sendo o maior crítico que eu conheço.
Mas, pior que isso é ver um grande mestre, ficar em depreção, porque um "criticuzinho", que na maior parte das vezes, tem idade de ser neto das obras deste autor , e que dispara críticas a apenas para seu bel prazer, ficar em depreção.
Aliás, estou cansado, não só dos críticos de hoje em dia, mas dos motivadores, que gritam e pedem aplausos, sem ter realmente mostrado nada de motivacional. Dos comediantes de cara-limpa, os "stand ups", que fazem espetaculos de humor e apenas marcam um destaque na platéia e ficam lançando piadas horríveis para estas pessoas. Estou cansado de todos os críticos, até de min mesmo, que critico tudo!