sábado, 7 de janeiro de 2012

Infinitos gerúndios


Estou cansada de criar, mas sou obrigada a continuar criando.
Estou cansada de pensar, mas sou obrigada a continuar pensando.
Estou cansada de produzir, mas sou obrigada a continuar produzindo.
Estou cansada de obrigações, mas sou obrigada a continuar me obrigando.



Um comentário:

O que eu sinto e penso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.